Game of Thrones – O livro

10 agosto, 2011

Aclamado pela crítica, a série Game of Thrones da HBO americana fez muito sucesso por aqui também. Baseada na série de livros As Crônicas de Gelo e Fogo e foi traduzida e publicada no Brasil com seus primeiros dois volumes. Ao todo, George R. R. Martin já escreveu 5 livros para a série e tem mais 2 a caminho.

Pra quem gostou da série e/ou curte uma boa leitura, a Submarino está com uma ótima promoção! Os dois primeiros livros por apenas R$ 59,90 e frete grátis (pelo menos para Florianópolis).

Este é o link direto para a página da promoção!

https://i0.wp.com/i.s8.com.br/images/books/cover/img9/23826199_4.jpg

A história do primeiro livro foi apresentada na primeira temporada, que teve 10 capítulos. A segunda temporada, contará a história do segundo livro e a produção já foi garantida pela HBO.

Boa leitura!

As Crônicas de Gelo e Fogo: A Guerra dos Tronos e A Fúria dos Rei por R$ 59,90 no Submarino

Anúncios

Blog do Jardin do Éden

19 março, 2010

http://blogdojardimdoeden.wordpress.com/2010/03/19/6%C2%BA-dia/

Depois daqueles comentários acabou a farra no paraíso…

Da série: propagandas que não gostaríamos de ver por aí (2)

4 março, 2010

Devido ao grande sucesso (uma pessoa compartilhou no Google Reader e duas pessoas gostaram no Buzz) trago a continuação da série. Clique para aumentar:

Da série: propagandas que não gostaríamos de ver por aí

2 março, 2010

Clique para aumentar:

Eu que fiz. 🙂

A saga do “maravilhoso” serviço de funilaria na Le Monde Citroen

12 fevereiro, 2010

Mês passado me envolvi numa batida de carro. Acertaram o C3 da minha mãe. A culpada acionou o seguro para pagar tudo. Ninguém se machucou e o estrago no meu carro foi o menor. É possível dirigir ele ainda.

Encaminhei ele para a oficina da revenda Citroen onde compramos o carro e faço todas fazemos todas as revisões, na Le Monde, em Florianópolis.

Quarta feira, dia 10, encaminhei a seguinte mensagem no site da Le Monde, contando a história do conserto até aquele momento:

“Tenho um C3, comprado e revisado regularmente na loja de vocês em Florianópolis há um ano. Meu pai também possui um Picasso há 5 anos comprado e revisado sempre aí.

Tenho reclamações a fazer a respeito do serviço de funelaria o qual precisei pela primeira vez (e provavelmente a última). Segunda feira, dia 1º de Fevereiro levei o carro até a loja e fui informado que o serviço ficaria pronto sexta feira, dia 5.

Quarta feira, dia 3, liguei novamente para perguntar se o serviço poderia sofrer algum adianto. Fui informado que o serviço levaria 7 dias úteis, portanto, dia 9, porém que talvez fosse possível haver adianto.

Sexta feira, dia 5, liguei novamente. Fui informado que o serviço ficaria pronto quinta feira, dia 11.

Segunda feira, dia 8, liguei novamente. Fui informado que o serviço ficaria pronto dia 10, quarta feira.

Terça feira, dia 9, liguei novamente e fui informado que o serviço não poderia continuar pois estaria aguardando nova autorização da seguradora (que é de terceiros). No mesmo dia, liguei para a seguradora (do terceiro que bateu no meu carro) e solicitei a visita do perito, visita essa que deve acontecer no dia de hoje, quarta feira, dia 10.

Hoje, solicitei a retirada do veículo na sexta feira, dia 12, tendo em vista que ele muito provavelmente não ficará pronto, dado a demora no atendimento da empresa neste serviço. Espero que eu seja atendido e eu possa utilizar o meu veículo neste feriado.

Não vi da parte do atendente da loja Le Monde um pró-ação em nenhum dos casos. Espero nunca mais ter que contar com seus serviços novamente.”

Surpreendentemente, em pouco tempo depois de enviada esta mensagem, recebi uma ligação do atendente dizendo que eu poderia buscar o carro no dia seguinte ou na sexta feira, dia 12, hoje.

Como não consegui buscar na quinta, busquei hoje o carro. Para minha surpresa (nem tanto assim) o carro continua no mesmo estado em que se encontra no dia em que levei, isto é, o conserto não teve início. Aliás, ele está pior, a tampa dianteira do motor está torta! Isto mesmo, não foi feito reparo nenhum e o carro voltou com uma deformação em lugar totalmente diferente de onde foi a batida (traseira direita). O atendente me disse que poderia “alinhar” ela na hora, mas eu disse que vou deixar para quando o conserto todo for feito.

Tem mais.

A nova autorização de reparo foi dada e o novo prazo de conserto é de 4 dias. Isto é, agora que o tamanho do conserto AUMENTOU, o prazo para o conserto DIMINUIU.

A conclusão que chego é que a primeira perícia foi negligente e superficial. E que apenas após 7 dias úteis é que foram pensar em fazer o conserto no carro. “Ótimo” serviço.

* ATUALIZAÇÃO  1 (03/03/2010) *

Hoje, enviei a seguinte mensagem, que continua a saga, no site da Revenda:

“Eu achei que não era mais possível, mas a funilaria da Le Monde conseguiu fazer um desastre (pra não dizer CAGADA) maior ainda desta vez.

Desde que enviei uma mensagem por aqui, dia 10 de Fevereiro, notei que o atendimento havia melhorado. Ledo engano.

Após a primeira passagem do meu C3 pela oficina de vocês, fui informado que meu carro precisaria autorização adicional de reparos por parte da seguradora, pois a autorização inicial era insuficiente.

Depois de (supostamente) conseguir essa autorização complementar, aguardei até a segunda feira, dia 22 de Fevereiro, para deixar o carro na Le Monde, pois fui informado que o serviço levaria 4 dias.

Quinta feira, dia 25, fui informado de que o serviço só ficaria pronto na terça feira seguinte, dia 2 de Março e eu sequer poderia retirar meu carro para utilizar no final de semana.

Surpresa minha foi saber ONTEM, dia 02 de Março, que a havia um problema com a autorização. O atendente pediu o telefone do meu corretor e ficou de me ligar. Não ligou.

Mais surpresa ainda foi hoje, dia 3 de Março, quarta feira, quando ao ligar para a Le Monde descubro que a autorização complementar NUNCA chegou na funilaria da Le Monde!

Cada dia fico mais desapontado e frustrado com o serviço e atendimento recebido por essa concessionária.

Mais uma vez, o atendente deve me ligar para me passar uma posição. Estou sem expectativas nenhuma.”

Promoção: Coleção Tolkien no Submarino

20 agosto, 2009

Indiquei para vários amigos que gostaram e já compraram. Segue aqui também a dica da promoção. São 5 livros por apenas R$ 49,90. Clica aqui (ou na imagem abaixo) pra ir pro site do Submarino.

Jornalismo podre

18 agosto, 2009

Esta reportagem está na capa do ClickRBS catarinense hoje. Pra quem não vai ler, segue um resumo: Juliana, 31 anos, uma trabalhadora brasileira, ao tentar solicitar seu seguro desemprego “descobriu que é considerada uma pessoa morta pelos documentos do Ministério do Trabalho”, segundo conta o primeiro parágrafo da reportagem.

A reportagem continua com uma declaração de Juliana: “— Não é possível! Quando soube disso fiquei apavorada. Ou sou vítima de um golpe ou há algum erro”.

Ok, eu concordo com o fato de que houve um erro. Porém, a reportagem continua, e próximo ao fim podemos ler: “Juliana já sabia que tinha problemas na sua documentação. Há quatro anos, ao sacar o FGTS, descobriu que no cadastro já aparecia que ela estaria morta.”

COMO É QUE É?!?

Num parágrafo ela diz que está surpresa e é vítima de golpe, no outro eles afirmam que Juliana já conhece a situação há quatro anos!

Ah, o cheiro podre da mídia sensacionalista e parcial.

Enviei o comentário abaixo lá no site, mas provavelmente não será aceito, então segue para vocês:

“Ela sabia do problema há 4 anos e agora se sente vítima!? Sinto muito, Juliana, mas grande parte da culpa é sua.  E você, Marco, não sei como ainda pode dar crédito a reportagem tão contradizente como esta.”

UPDATE: A RBS gostou tanto da matéria que apresentaram hoje no Jornal do Almoço. Está dura a disputa de IBOPE com o Hélio Costa…

UPDATE 2: Meu comentário foi publicado, junto com o de outras 3 pessoas. Metade a favor, metade contra. Pelo menos são democráticos.

O Chrome OS vai dar certo?

14 julho, 2009

Uma pesquisa feita pela Google mostrou que menos de 10% das pessoas sabe o que é um browser. Pode parecer um absurdo para quem, assim como eu, é da área de tecnologia. Mas eu realizei a mesma pesquisa em casa e é verdade. Eu perguntei a minha família se eles sabiam o que era um browser ou um navegador e nenhum deles sabia. Eu ainda facilitei, dizendo que eles usavam todos os dias. E nada.

Provavelmente, menos de 10% da população também não saiba o que é um OS (Sistema Operacional) e consequentemente não entendeu o título deste post. E é por isso que eu não acredito no sucesso instantâneo do Chrome OS.

O sucesso do Firefox depende, na sua maior parte, da boa vontade de pessoas que trabalham com informática. Eu já trabalhei neste ramo, com a venda de computadores. Não lembro de termos na época a preocupação de instalar um navegador mais seguro para nossos clientes. Além de instalar, é preciso educar, pois um ser-humano “normal” quando quer navegar, procura um “e” azul e dá dois cliques (seja no desktop ou num menu, hehe).

Aprendi um truque uma vez com um amigo: sempre que instalo um novo sistema operacional para uma pessoa leiga, instalo também o Firefox, apago o atalho do navegador nativo e renomeio o atalho do Firefox para simplesmente “Internet”. E aponto: “Veja, esse é o atalho para a Internet”. Funcionou lá em casa.

Penso que o Chrome OS vai sofrer o mesmo processo. Irá depender da boa vontade de pessoas que queiram disponibilizar um OS diferente daquele que o usuário comum está acostumado e que pode vir a reclamar.

O Chrome OS ainda vai ter que lidar com compatibilidade com os jogos e alguns ótimos programas que rodam apenas no Windows. Se nem os nerds migrarem de OS, quiçá os outros?

Nem o poder da gigante Google por trás de um aplicativo faz dele um sucesso, veja o caso do próprio Chrome (browser, neste caso). Pesquisas mostram que o mercado de navegadores sofreu pouca ameaça.

O mercado de Netbooks (outro desconhecido do grande público) é o que mais tem a cara do novo OS do Google. Neste mercado, vejo grandes expectativas. E se o mercado continuar com o crescimento forte é bem possível que o Chrome OS toma conta, da mesma forma que a Microsoft virou de 5% do mercado no anos passado para 95% neste ano.

Para os leigos, sugiro: browser, Google Chrome, Chrome OS, Netbook.

Não lembro de onde tirei todos os estudos que citei aqui, se encontrar algum, por favor coloque aí nos comentários, por favor, eu posso ter errado algum.

Não é só eu…

14 abril, 2009

… o Kibeloco também concorda comigo.

Da série: Perguntas cretinas, respostas mais ainda

17 fevereiro, 2009

Enquanto isso, no site de perguntas de um grande portal da internet…

Pergunta: “é normal a vagina inchar qdo acaba uma transa?”

Resposta escolhida por votação: “fica esfolando a sua cara e depois me diz se ela não inchou !!!