Archive for the ‘inglês’ Category

O divertido portunglês

30 janeiro, 2008

Ouvi alguém traduzir livremente a palavra “rastreabilidade” hoje. Sabe o que saiu? “Rastreability”.

Uma busca no Google mostra claramente que 137 resultados não são suficientes para esta palavra existir. Ainda mais quando a maioria dos resultados é de sites brasileiros ou portugueses.

Incrível a capacidade de improvisação na hora de traduzir de tantas pessoas! (Será que uma copiou da outra?) Este site português até arriscou uma definição formal do termo:

What is Rastreability?
It is the capacity to follow up on the history, application, and location of whatever is being investigated. Another definition of rastreability is the capacity to detect the origin and follow the tracks of a foodstuff, of a food product for animals, of an animal which produces food products or produces food for other animals, or with a probability of so becoming, throughout the whole chain of production, processing, and distribution.

Hehe. A tradução mais correta é “traceability”.

Anúncios

Em inglês soa melhor

23 outubro, 2007

Quando estudamos português na escola, aprendemos sobre o estrangeirismo e as palavras trazidas de outras línguas que não deveríamos utilizar em nosso vocabulário. Mas imagine passar a vida sem falar ou escrever palavras tão comuns como “show” ou “chance”!

É quase impossível! Ainda bem que algumas palavras são aportuguesadas, principalmente na minha área, como o verbo deletar. Simplesmente soa melhor falar em inglês.

Os portugueses, entretanto, parecem achar um inconveniente muito grande utilizar palavras de outras origens. Aí a gente acha engraçado quando eles chamam mouse de rato e monitor de ecrã. Hehe.

Exemplo bem engraçado mesmo eu vejo nos nomes próprios. Enquanto os americanos têm os seus Mr. Black e Mr. Brown, ficaria muito estranho encontrar um Sr. Preto ou Sr. Marrom por aqui…

Já imaginou se o campineiro Ponte Preta tivesse seu nome em inglês, seria: BLACK BRIDGE. Aposto que até o São Paulo (líder absoluto da primeira divisão do campeonato brasileiro) iria tremer nas bases ao enfrentar o BLACK BRIDGE!

O exemplo contrário seria o popular time de beisebol, Red Sox, de Boston. Você torceria para um time chamado “Meias vermelhas“?